domingo, 10 de outubro de 2010

o domingo tá acabando — já é tarde — amanhã a gente começa de novo. eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. alguma segurança. invento estorinhas para mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. mas a sensação de estar sozinho não me larga. algumas paranoias, mas nada de grave. o que incomoda é esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se com quase nada. estou todo sensível, as coisas me comovem.

- Caio Fernando Abreu

Um comentário:

  1. é hoje é domingo..e eleestá indo embora e essa sensaçaõ tbm me invade..sinto que tudo que precisava é de um abraço,e algo dentro de mim,parece está vazando e daqui a poucos segundos se transformaram em lágrimas,já as sinto molhando meus olhos!hoje domingo,depois de um sábado taõ sem explicaçaõ,me sinto taõ pequena,taõ limitada,taõ fora de mim,o dia tá indo embora e no fundo queria que ele naõ fosse,só para naõ ter que acordar amanha,abrir os olhos e me sentir morta!pq viver naõ é so respirar,e tenho essa nítida sensaçaõ que os dias estaõ passando e eu naõ estou vivendo,me sinto só,queria um abraço,ou um lugar apenas onde eu pudesse chorar chorar,pensar pensar,e esquecer da vida!!!!ameii o blog bjo

    ResponderExcluir